imprensa

PLANO DIRETOR DE ÁGUA É APRESENTADO

O DAE apresentou nesta quarta-feira (19), durante Audiência Pública na Câmara Municipal de Bauru, o Plano Diretor de Água, que dimensiona as necessidades de planejamento e investimentos nos serviços de água do município para os próximos 20 anos.

O evento contou com a participação do prefeito Rodrigo Agostinho, do presidente Giasone Cândia, diretores do DAE, secretários municipais, representante do prefeito Everton Octaviani, de Agudos, lideranças comunitárias e políticas. Estiveram presentes os vereadores Francisco Carlos de Goes, Natalino David da Silva, Raul Gonçalves de Paula, Alexssandro Bussola, Antonio Faria Neto, Arildo de Lima Junior, Fabiano André Lucas Mariano, Fábio Sartori Manfrinato, Fernando Francelosi Mantovani, Marcos Antonio de Souza, Moisés Rosi, Renato Celso Bonomo Purini, Roberval Sakai Bastos Pinto e Telma Regina da Cunha Gobbi.

A apresentação do estudo foi feita pelo técnico Luiz Di Bernardo, membro da equipe da empresa Hidrosan Engenharia, responsável pela elaboração do Plano. Foram detalhadas as condições atuais de captação, reservação e distribuição de água e as alternativas de curto, médio e longo prazo para soluções e desenvolvimento do sistema de abastecimento de água na cidade.

No estudo foi apontado que o abastecimento de água de Bauru continuará sendo realizado por mananciais subterrâneo e superficial. Entre os mananciais superficiais disponíveis para o abastecimento optou-se pela utilização exclusiva do rio Batalha durante o período de vigência do Plano, ou seja, até 2034. Os mananciais subterrâneos continuarão representando a maior parcela de abastecimento.

O Plano também apontou a necessidade de perfuração de novos poços no município, que deverão entrar em operação até 2017. Além dos quatro poços propostos pelo DAE (Zona Norte II, operando desde agosto, Val de Palmas, que deverá entrar em funcionamento até o final deste mês, Jardim TV, já homologado e no prazo recursal, e Jardim Imperial) o estudo ainda traz a necessidade de outras três Unidades de Produção. São elas: Zona Norte III e IV e Águas Virtuosas.

O debate mostrou a importância da implantação da setorização da rede de distribuição, onde é feita a divisão da cidade em regiões, permitindo trabalhar de forma específica cada setor do município.

A elaboração do plano de combate a perdas também foi discutida. A redução passaria dos 48,7%, índice de 2013, para 25% em 2034. Nos cinco primeiros anos do Plano a diminuição de perdas foi vinculada diretamente ao combate às fraudes e à submedição, com propostas de substituição dos hidrômetros existentes pelo novo padrão a ser estabelecido pelo DAE com base na faixa de consumo de cada economia e criação da bancada de aferição de hidrômetros.

O custo global para execução dos investimentos está estimado em R$ 256.643.619,46(duzentos e cinquenta e seis milhões, seiscentos e quarenta e três mil, seiscentos e dezenove reais e quarenta e seis centavos).

____________________
Assessoria de Imprensa - DAE/Bauru


imprima »

Contato

Bauru: 0800-7710195
Ligações por celular: 14-3235-6140 / 3235-6179
Outras localidades: 14-3235-6100

Endereço: Rua Padre João, 11-25
Vila Santa Tereza
CEP 17012-020
Bauru - SP

E-mail: dae@daebauru.sp.gov.br

MAIS INFORMAÇÕES
Visite nossa página de contatos

Poupatempo

Atendimento ao público
Endereço: Av. Nações Unidas, 4-44

Horário de funcionamento
de segunda a sexta das 8h às 17h e sábados das 8h às 13h